Como controlar gastos em 3 passos

budget calculation

Muitas pessoas acabam caindo no erro de acharem que irão se lembrar de tudo o que há para ser pago e também que lembrarão os gastos extras e supérfluos que tiveram.

A melhor maneira de controlar gastos mensais é estar com tudo ao seu alcance e listado.

E para não perder o controle temos três dicas para você!

– Mantenha uma planilha mensal atualizada

O primeiro passo para conseguir controlar gastos é alimentando uma planilha mensal com todas as informações possíveis.

O ideal é primeiramente listar os gastos fixos mensais, aqueles que você sabe que terão sempre o mesmo valor (aluguel, plano de saúde, mensalidade escolar, internet, financiamento).

Depois que você já tiver listado seus gastos fixos, está na hora de listar os gastos variáveis que você possui e que variam de acordo com o uso mensal (água, luz, telefone, mercado, combustível).

Essa é a melhor maneira para você conseguir controlar os gastos mensais e desse modo saber como planejar o restante do seu orçamento.

– Limite gastos por tipos de despesas

Para os sustos com gastos inesperados no final do mês acabarem, é interessante que você determine metas com valores que você pretende gastar em cada setor de consumo necessário.

Um exemplo é limitar porcentagens para os gastos mensais da seguinte maneira:

30% Moradia;

15% Despesas Variáveis;

20% Alimentação;

10% Poupança;

10% Lazer;

5% Reserva para despesas anuais.

– Planeje compras e evite o impulso

A maioria das pessoas não pode ouvir a palavra “promoção” que já quer “aproveitar” a oportunidade. Mas o que acontece constantemente é o gasto desnecessário e compras por impulso muitas vezes inúteis.

Segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), divulgados em Maio de 2018, seis em cada dez consumidores brasileiros aproveitam as ofertas de crédito para fazerem compras por impulso. Ainda de acordo com os dados, as maiores aquisições acontecem nos setores de de roupas, calçados e acessórios (19%), compras em supermercados (17%), perfumes e cosméticos (14%) e bares e restaurantes (13%).

É por isso que indicamos que sejam estabelecidas metas para a compra de produtos que você deseja e desse jeito economize dinheiro! Pois dessa forma você não cairá no impulso por itens que não estão na sua lista de desejos e necessidades.

Viu só? São atos simples que fazem a diferença na hora de controlar gastos.

E se você quer saber mais um pouco sobre finanças, acesse o post onde falamos sobre “4 passos para mudar sua vida financeira

Deixe uma resposta